Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > A CADA 48H UMA PESSOA TRANS É ASSASSINADA NO BRASIL, APONTA ESTUDO

A cada 48h uma pessoa trans é assassinada no Brasil, aponta estudo

11/01/2018

179 pessoas trans foram assassinadas em 2017, diz Antra

Escrito por: Ivan Longo, Revista Fórum

A Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA) divulgou, nesta segunda-feira (8), o Mapa dos Assassinatos da população trans no Brasil em 2017 e os dados são alarmantes: a cada 48 horas uma pessoa transexual ou travesti é assassinada no Brasil.

Foram contabilizados pelo estudo 179 assassinatos, sendo 169 de mulheres trans e 10 de homens trans. De acordo com o mapa, 60% das vítimas tinham entre 16 e 29 anos.

O estudo da ANTRA revela ainda outro dado grave: deste total de assassinatos, em 85% dos casos há evidências de requintes de crueldade.

O estado de Minas Gerais é o que mais mata a população trans, com 20 assassinados. Ele é seguido da Bahia, com 17 assassinatos, São Paulo e Ceará, com 16 casos e Rio de Janeiro e Pernambuco, onde foram registrados 14 casos.

O levantamento foi disponibilizado no formato de um mapa interativo. Confira a íntegra clicando aqui.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com