Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > ANO LETIVO 2012: QUANDO VAMOS COMEÇAR?

Ano letivo 2012: Quando vamos começar?

21/03/2012

O ano letivo era para ter iniciado no dia 05 de março,

Escrito por: Sinteal-Al

 

Em reforma e com falta de professores, escolas improvisam ou adiam mais uma vez início do ano letivo

Ônibus escolares lotados de jovens ansiosos pelo retorno. “Não aguentava mais ficar em casa”, disse um aluno. Mas a frustração era inevitável na maioria das vezes a resposta da escola era vaga: “não haverá aula hoje”. Na manhã desta segunda-feira, 19, o Sinteal realizou um ato no maior complexo educacional do estado (CEPA), para acompanhar de que forma se daria o retorno às aulas, anunciado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) para hoje. A maioria das escolas não começou.

As obras ainda estão em andamento, e em todas as escolas há carência de professores e funcionários. Como o contrato de monitores não foi providenciado a tempo, fica mais evidente a urgência da realização de concurso público. Em algumas unidades, a diretoria cedeu às pressões da SEE e começou as aulas em condições precárias. Com barulho de obras, salas improvisadas, escolas tomadas por entulhos e poeira. Além de reunir mais de uma turma na mesma sala, por não ter professor.

O ano letivo era para ter iniciado no dia 05 de março, mas por falta de planejamento da SEE já foi adiado três vezes. Vale lembrar que o Governo anunciou uma reforma bilionária em caráter de urgência para não precisar fazer licitações, mas só começou as obras meses depois. Depois de tantas desculpas, e de chegar ao absurdo de responsabilizar os trabalhadores pelo atraso do início do ano letivo, o Secretário anunciou na imprensa que o inicio aconteceria hoje.

O Sinteal tem acompanhado a reforma com visitas às escolas, e já havia denunciado no site que não há condições de trabalho. “É muita irresponsabilidade pressionar as diretorias a começarem as aulas, sabendo que não tem condições. Expondo alunos e trabalhadores a um ambiente desfavorável. É obrigação do governo oferecer estrutura, e contratar pessoal suficiente. O concurso foi prometido desde o ano passado, mas nem com a seleção de monitores eles se preocuparam esse ano”, denuncia a presidenta do Sinteal, Célia Capistrano.

A panfletagem e visita às escolas no cepa foi só o começo, o Sinteal vai continuar acompanhando, cobrando e denunciando o descaso do Governo com a educação.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com