Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > BANCÁRIOS ENTREGAM MINUTA ESPECÍFICA DE REIVINDICAÇÕES AO BRADESCO

Bancários entregam minuta específica de reivindicações ao Bradesco

15/06/2011

Escrito por: Fonte: Contraf-CUT, com Fetec-SP e edição do Seeb-AL

 

A Contraf-CUT, federações e sindicatos retomaram na sexta-feira, 10, o processo de negociações permanentes com o Bradesco. Durante a reunião, os representantes dos funcionários entregaram ao diretor de RH do banco, José Luiz Rodrigues Bueno, a minuta de reivindicações da Campanha Nacional de Valorização dos Funcionários do Bradesco.

“Com a entrega da minuta, o primeiro passo foi dado. Agora, o Bradesco precisará atender as reivindicações de seu maior patrimônio, que são os seus funcionários”, enfatiza Márcio dos Anjos, diretor do Sindicato dos Bancáios de Alagoas e integrante da Comissão de Organizaçlão dos Empregados (COE).

Segundo Márcio, que participou da reunião em São Paulo, a minuta exige mais contratações (para diminur a sobrecarga de trabalho); melhores condições de trabalho; fim das metas abusivas e do assédio moral; melhor remuneração; auxílio-educação e Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) justo, transparente e democrático.

Os dirigentes sindicais ressaltaram a necessidade de que esse processo seja encarado como negocial, com a definição de um calendário temático, de forma a se garantir avanços em todos os pontos de negociação. De posse da minuta, Luiz Bueno se comprometeu em levar o pleito para a direção do banco e a dar um retorno, inclusive com indicação de calendário.

"Os funcionários do Bradesco consideram perfeitamente possível que o banco atenda as reivindicações levadas à mesa", afirma Elaine Cutis, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco, órgão da Contraf-CUT que assessora as negociações com a empresa. "Já está na hora de o Bradesco mudar sua posição e levar a sério o processo de negociação com o movimento sindical, para buscar soluções de fato para os problemas dos bancários", sustenta.

Na oportunidade, os representantes sindicais destacaram a intenção de se iniciar os diálogos com debates sobre assédio moral e melhorias no plano de saúde. Aproveitaram ainda para requerer o agendamento de uma reunião de avaliação do programa de combate ao assédio moral. O objetivo é apurar se o programa está sendo cumprido com rigor em todo o país.

Conforme o diretor do Sindicato dos Bancários do ABC e representante da Fetec-CUT/SP, Gheorge Vitti, as entidades sindicais esperam que o banco encare os debates com seriedade. "A nossa pauta é perfeitamente plausível e seu objetivo é solucionar os problemas mais prementes encontrados hoje no Bradesco, dentre os quais os relativos ao PCS e que precisam ser solucionados com urgência", afirma o dirigente.

Para a diretora da Fetec-CUT/SP, Crislaine Bertazzi, é fundamental que os sindicatos reforcem a Campanha Nacional de Valorização dos funcionários do Bradesco. "É uma forma de pressionarmos por avanços neste processo negocial", declara a dirigente.

Confira a minuta de reivindicações:

- Igualdade de oportunidades;

- Melhorias no plano de saúde;

- Treinet no horário de trabalho e sem pressão;

- Auxílio Educação;

- Implantação do PCCS - Plano de carreiras, cargos e salários;

- Livre acesso do sindicato aos locais de trabalho;

- Garantia dos direitos dos trabalhadores lesionados, afastados do trabalho e ou quando do seu retorno;

- Respeito ao direito de greve;

- Investir na segurança dos bancários e clientes;

- Fim do Assédio Moral e das metas abusivas;

- Remuneração total;

- Emprego.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com